9 de ago de 2011

5 anos da Lei Maria da Penha


Dia 7 de agosto fez 5 anos da criação da Lei Maria da Penha. Eu sei que o blog normalmente tem um viés mais de entretenimento, mas, não poderíamos deixar a data passar em branco.
Nesse momento há no Brasil alguma mulher sofrendo algum tipo de violência física, sexual ou psicológica de algum homem próximo á ela. Normalmente namorado, marido ou pai.
Isso tem que acabar. Homem que bate em mulher não merece ser chamado de homem. Tem falhas graves de carater: é mentiroso, abusivo, vagabundo e por bater em mulher é criminoso, provavelmente inclusive com desvios sexuais graves, além de ser covarde, dificilmente enfrentaria um homem forte.


Esse tipo de homem não te quer nunca a frente dele, e muito menos ao lado, quer você sempre atrás para humilhar e tentar se fazer superior. A mulher por culpa, vergonha ou por achar que o ama e que um dia esse homem vai melhorar, até porque normalmente depois da agressão ele tenta se fazer de bonzinho ou de vítima, continua refém desse monstro. Acorda, homem que bate não muda, merece cadeia no mínimo, ele sempre vai bater na mulher que estiver ao lado dele, seja ela quem for. Por isso tem que ficar atrás das grades, porque não merece e nem sabe viver em liberdade.
Ps: esse tipo de crime está em todas as classes sociais e intelectuais. Ou vocês já se esqueceram das imagens chocantes da Rihanna com hematomas causados pelo estúpido Chris Brown (boicoto ele totalmente, covarde me dá nojo).
Denuncie.


Não existe nenhum amor na violência. Quem ama cuida, trata bem, beija, faz sorrir, jamais machuca.

Um comentário:

Aurélia Mattos disse...

É verdade quem ama cuida! Ai olhando as fotos, me da um aperto no coração, como é injusto! Bjs e um lindo dia p ti querida.
www.aureliamattos.com.br

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...